Cuidados básicos na hora de construir ou reformar

02 de agosto de 2017

Qual a diferença entre valor e preço?


Embora muitos ainda façam essa confusão, valor e preço são duas coisas completamente diferentes no mundo das negociações.

Existem inúmeras estratégias para conquistar um cliente. Uma delas é o preço, mas nem sempre o preço significa qualidade. Porém, convém lembrar que qualidade está aliada ao valor e não a preço. Portanto, o primeiro passo para um obra de sucesso é a confecção de um projeto, contratando um arquiteto, profissional que define a personalidade da edificação e permite todo o planejamento da obra, inclusive otimizando o orçamento.

Mas qual a diferença entre valor e preço?

Preço
O preço representa a quantidade de dinheiro que o cliente precisa gastar na hora de adquirir um produto ou serviço. É o número que consta no orçamento do produto ou serviço. A elaboração do preço de um produto contempla os custos de produção da mercadoria (fixos e variáveis), bem como a margem de lucro que o lojista ou construtor espera obter com a venda do mesmo, considerando, é claro, o perfil e poder de compra do seu público alvo, a demanda pelo produto e os preços elaborados por seus concorrentes de mercado.
Já no serviço de uma construção ou reforma o preço pode variar e muito. Nestes casos se você quer preço, o cliente sempre opta pelo mais barato, porém já diz o ditado. “O barato pode sair caro”


Valor

Enquanto o preço se baseia em dados “palpáveis” e pode ser quantificado, o valor se refere a algo subjetivo e que varia de pessoa para pessoa: o valor de um mesmo produto ou serviço pode ser maior ou menor para um ou outro cliente de acordo com a importância que cada um confere para o item em si. É o caso, por exemplo, de itens como uma reforma ou construção.

Na construção civil, existe uma infinita variação de orçamentos, e normalmente o que mais se tem percebido é a opção pelo preço mais barato, e não o custo benefício.

Por isso, antes de contratar um serviço, pesquise nos PROCON’s, nos Tribunais de Justiça do seu estado e certifique-se da idoneidade do prestador de serviço.

Quais os custos e os benefícios da contratação de uma empresa especializada para sua obra?

◦ Planejamento = economia (colocar no papel tudo o que será realizado permite prever futuros problemas e corrigi-los, permite ver como ficará em planta, elevação e perspectivas o que se imaginou e assim descobrir se o resultado será o esperado, antes de se iniciar a obra);

◦ Custo de um projeto arquitetônico = valor muito pequeno em relação ao custo total da obra, ainda mais considerando a economia que o planejamento pode trazer a curto e longo prazo;

◦ Quantas vezes você pretende construir/reformar? = Por quanto tempo o que você está planejando irá durar? Um profissional da construção/decoração que estudou durante anos e que trabalha na área tem uma visão ampla de conceitos e conhecimentos que aumentam as chances de se obter o resultado almejado, buscando soluções econômicas e sustentáveis.

◦ Valores Cobrados: Saiba como os projetos e sua execução são cobrados e entenda melhor os custos e benefícios desta contratação.

Projeto e obra
Os valores são em função dos serviços contratados. Peça ao profissional para que discrimine quais os serviços que ele presta e quais os valores de cada etapa. Os valores podem variar muito, seja por região, seja pelo profissional contratado. Maneiras de cobrança:

◦ % — Porcentagem em relação ao valor total da obra;
◦ m² — Por metro quadrado construído/reformado;
◦ /h — Em função da hora técnica.

Acompanhar uma obra é diferente de administrar, pois acompanhar significa que o profissional irá verificar se a obra está sendo realizada de acordo com o que foi projetado; já administrar a obra significa elaborar planilhas de orçamentos e realizar as compras, verificando preços, quantidades e qualidade. Os valores destas atividades são distintos e normalmente o valor para se administrar uma obra é maior e cobrado separadamente.

Formas de Pagamento
Uma das maneiras mais comuns de realizar o pagamento é em função das etapas do projeto (porcentagens em relação ao valor total).

* Saiba quais são as: Etapas do Projeto (Exemplo) (Projeto Arquitetônico):

◦ Estudo Preliminar: 20%
◦ Anteprojeto: 40%
◦ Estudo Legal: 10%
◦ Projeto de Execução: 15%
◦ Detalhamento: 15%

Contratar uma empresa, pode sair mais em conta que a contratação direta de pedreiros.