5 erros que devemos evitar ao construir uma casa

Antes de iniciar a construção da sua casa, muitas coisas precisam ser analisadas, projetadas e discutidas, para que no futuro você não venha a ter problemas com a sua construção. Como terminei de construir minha casa recentemente, aprendi muita coisa e acredito que os cincos erros abaixo não podem ser cometidos, sob risco de algo dar errado.

Ignorar o projeto
Pessoas com poucas experiências com construção pode não enxergar de início tanta importância em contratar um bom arquiteto para projetar sua casa, mas é um grande erro ignorar isso. Esses profissionais não podem ser vistos apenas como alguém que fará a planta da sua casa, projeto é muito mais que isso e envolvem fatores estéticos, de segurança, funcionalidades, iluminação, ventilação, otimização dos espaços, entre outros. Não cometa o erro de ignorar o projeto.

Não discutir detalhadamente com o construtor no início
Durante a construção da sua casa muitas coisas acontecem. O construtor, mestre de obras ou pedreiro, sabe o que tem que fazer e por quanto irá fazer, você também sabe, mas o grande erro aqui é se os dois lados sabem da mesma coisa e estão falando a mesma língua. Tive muitos problemas com isso e em muitas vezes o pedreiro dizia: isto não está incluso no meu serviço e no orçamento. Então, converse antes, discuta os detalhes, faça uma lista do que está incluso ou não e na medida do possível negocie antes. O ideal é a contratação de uma empresa especializada. Leia mais 

Comprar material de segunda
Alguns materiais de segunda até são toleráveis, mas existem aqueles que são essenciais e ai é problema economizar dinheiro para colocar material duvidoso na construção da sua casa. Outro detalhe que você deve analisar é onde esse material será usado. Existem casos que você poderá substituí-lo com mais facilidade no futuro e tem outros materiais em que é complicado a sua substituição.

Pressa
Ter pressa é um problema em quase tudo na vida, mas na construção de uma casa ela pode ser mais complicada ainda. É verdade que existem casos em que existe uma certa pressão para concluirmos a obra, mas atropelar é problema. Não cometa o erro e colocar o tempo de construção em primeiro lugar.

Não ouvir as pessoas
De novo este é outro erro que pode ser aplicado a quase tudo na vida, mas também na construção da sua casa é possível que existam outras pessoas com mais experiência que você e que pode ajudar com um conselho ou uma dica que poderá fazer muita diferença depois. Ouça, avalie e filtre aquilo que serve e o que não serve. Especialmente se você não tiver muita experiência, não ouvir as pessoas é um dos 5 erros que você precisa evitar.

Casa Dicas

Comprar casa pronta ou construir, o que é melhor?

Na hora de comprar uma casa uma dúvida que pode ser comum é se vale a pena comprar uma casa pronta ou comprar um terreno e fazer a construção. Acredito que muitas pessoas já estiveram diante desta situação de dúvida, eu particularmente já estive e tomei minha decisão pela construção da casa ao invés da compra da casa pronta. Embora por um bom tempo eu estive à procura de uma casa que estivesse construída para comprar, acabei concluindo que construir seria a melhor alternativa e para isto pelo menos dois bons motivos para que eu tenha tomado esta decisão foram a economia e um projeto mais adequado às necessidades.

Economia
Quando você compra uma casa pronta está na verdade comprando o terreno mais a construção, logo o cálculo que você precisa fazer é quanto vale o terreno e quanto vale a construção, junte os dois encontre o valor final do imóvel. Em muitas casas que visitei para comprar o valor que os proprietários pediam excediam bastante o valor que eu julgava ser o correto, isto porque normalmente nesses casos além do valor do terreno e construção existe ainda o lucro do proprietário.

Não demorou muito para eu perceber que se eu comprasse o terreno e fizesse a construção teria uma casa mais barata e, portanto do ponto de vista de economia valeria a pena construir. Uma corretora de imóveis certa vez me disse que a casa ficaria mais ou menos 30% mais barata se eu construísse. Ainda não sei se este é de fato percentual, mas vou saber e assim que souber irei atualizar aqui.

Projeto mais adequado
Outro ponto importante em favor da construção é a possibilidade de você fazer uma casa do seu jeito. Muitas casas prontas que visitei para comprar tinham um projeto ruim, eram mal distribuídas, cômodos pequenos, cozinhas estranhas, banheiros pouco usáveis, entre outras coisas. Como eu sabia muito bem o que nós como família precisávamos era muito evidentes que aquelas casas não iriam nos atender e este foi um fator que dificultou muito o processo de busca da casa e nos levou a conclusão de que a construção seria a melhor opção pelo fato não só da economia, mas também da possibilidade de você fazer uma casa que atendesse às nossas necessidades.

Conveniência e rapidez
Mas existem algumas vantagens em comprar uma casa pronta e dentre elas destaco a conveniência e a rapidez. Conveniência pois você pegará a casa pronta para morar e não precisará se preocupar em correr atrás de pedreiros, comprar materiais de construção, administrar a obra e tudo mais. Este processo é trabalhoso e nem todas as pessoas estão dispostas ou dispõe de tempo para isso. A rapidez é que em pouco tempo você poderá mudar para a nova casa, enquanto que na construção precisará de alguns meses ou dependendo do caso até anos.

Conclusão
Se você está nesta dúvida a resposta terá de ser pautada nos tópicos acima expostos, ou seja, pergunte a você mesmo quais são suas prioridades: Se puder esperar um pouco para mudar e estiver disposto a encarar a administração da construção da casa, creio que deve ser a melhor opção, caso contrário procure uma casa pronta e vá descansar.

Casa Dicas

Construir casa geminada é uma boa?

A prática de construir casas geminadas já foi mais comum em um passado mais distante, antigamente tinha muitos casos assim e basta olharmos para as casas edificadas, especialmente nos bairros mais antigos para notarmos isso. Uma casa geminada tem como característica o fato de ela ser construída no mesmo terreno, ter o mesmo telhado e a mesma estrutura, mas ela é dividida em duas moradias distintas, sendo entrada, área útil e área externa isolada uma da outra.

A justificativa para esse tipo de construção é o aproveitamento do terreno que poderá ser usado para fazer duas casas ou mais, mas esta prática embora viável por um certo sentido é mais problemática do que vantajosa. Veja abaixo alguns problemas de casas geminadas.

Infiltração
Existe apenas uma parede dividindo as duas casas, então em caso de infiltração nesta parede os dois lados serão atingidos e para resolver a manutenção as vezes é preciso fazer dos dois lados.

Barulho
Pode haver problemas com barulho, como por exemplo uma pessoa batendo na parede do outro lado e sendo refletido aqui. Imagine de um lado a pessoa colocar uma caixa de som ou a Tv? Tudo isso poderá transferir o barulho facilmente para o outro lado.

Iluminação e ventilação
Um lado da casa ficará totalmente isolado por uma enorme parede, sem janelas e consequentemente sem ventilação e iluminação natural. Ai o outro lado da casa precisará compensar bem isso, caso contrário poderá ficar uma casa abafada e escura.

Documentação
Cada cidade tem suas regras quanto a construção e urbanização, mas eu acredito que hoje em boa parte das cidades deve haver alguma restrição quando a este tipo de construção para casas novas. Eu sei que é possível fazer casas paralelas, mas com estruturas, telhados e outros totalmente independentes, mas este não é o conceito de casa geminada. Consulte a prefeitura da sua cidade ou um engenheiro civil que lhe dará instruções detalhadas sobre esse tipo de construção.

Vale a pena construir uma casa geminada?
Não. Exceto em situações muito específicas e se houver aprovação da prefeitura, caso contrário é o tipo de construção que deve ser evitada em função dos problemas apresentados acima e outros mais subjetivos. Em todos os casos o correto é consultar um arquiteto ou um engenheiro civil que poderá analisar cada caso individualmente e encontrar a melhor solução para uma construção sustentável a longo prazo e que proporcione o bem estar dos seus moradores.

Casa Dicas

Como administrar a construção da sua casa

A administração de uma obra é uma das etapas de maior importância na construção civil, geralmente ela é feita por um engenheiro ou arquiteto que fica responsável por desenvolver o projeto e também por acompanhar a execução e garantir que o resultado final esteja de acordo como projetado inicialmente. Existem casos em que não há acompanhamento tão próximo do arquiteto ou engenheiro e acaba ficando por sua conta mesmo de estar diariamente na obra e fazer o acompanhamento do processo de execução, consumo de materiais e outros detalhes.

Se este for o seu caso de você estiver acompanhando o processo de construção da sua casa, gostariamos de dar algumas dicas que consideramos importante para ajudar no processo de acompanhamento e administração da obra.

Acompanhe de perto
Não seja um administrador ausente, acompanhei de perto e se possível fique o maior tempo possível na obra para observar o trabalho dos construtores, recepcionar materiais de construção, fazer a devida conferência dos mesmos, fiscalizar o processo de estocagem desses materiais, bem como a administração do consumo adequado deles. Mesmo com um engenheiro responsável pela obra, é importante você mesmo acompanhar tudo de perto para evitar eventuais problemas.

Antecipe certas ações
Pedreiros de mestre de obras têm o hábito de solicitar material em cima da hora, lembramos de muitas ocasiões em que o pedreiro ligava e dizia que estava faltando cimento, mas isto ele alisava quando praticamente já tinha terminado. Então o importante é você antecipar certas ações e avaliar o que será preciso para o dia seguinte ou semana seguinte, tanto material ou serviços agregados que precisaram estar ali.

Faça um planejamento
O ideal é você fazer um checklist ou uma lista de checagem de tudo que precisa ser comprado, observado e discutido com os construtores. Mantenha esta lista sempre atualizada e vá marcando aquilo que já foi resolvido. Esta é uma boa estratégia para você não deixar nada de fora que e ter um controle dos processos de construção e administração da obra.

Seja criterioso na avaliação
Seja criterioso na sua administração, não só no que diz respeito à construção em si, mas também em outros aspectos como respeito à legislação e outros itens ligados a certas burocracias.

Alguns exemplos são:

  • Não colocar material de construção na calçada;
  • Não usar a rua para fazer massa ou outros usos. Se eventualmente for usado, lavar imediatamente ao uso;
  • Cuidados com horários e ruído excessivos e desnecessários;
  • Entre outros.
  • Leia mais clicando aqui:

A Reformolar dispõe também destes serviços, entre em contato.

Como construir uma casa

Tudo começa com o local. Caso você possa escolher onde construir, dê preferência a um local com fácil acesso a transportes públicos, perto de comércios, escolas e hospitais. Isso facilitará a sua vida. Observe somente se a rua não é muito movimentada, pois um constante fluxo de carros pode atrapalhar sua paz e sono.

Construindo sua Casa
O segundo passo é planejar sua obra, fazendo plantas distintas para a construção, parte elétrica e parte hidráulica. Contrate um arquiteto para o projeto da casa e profissionais qualificados para a parte elétrica e hidráulica e acabamentos. O planejamento é tão importante quanto a construção em si, afinal uma parede que seja mal planejada é dinheiro jogado fora, já que ela terá que ser derrubada.

Hora de Começar a Construir
Depois de todo o planejamento pronto, é hora de comprar os materiais de construção. Leia nossos outros artigos com dicas valiosas para esse passo crucial na sua obra. Uma boa dica é procurar material em lojas de materiais de demolição. É é possível encontrar produtos de qualidade em bom estado por um melhor preço. Grades, portas e tijolos são bons exemplos.

O seu construtor ou empreiteiro não pode ser qualquer um. Peça referências, consulte na internet, o PROCON, o Tribunal de Justiça do seu estado, o ideal é contratar uma empresa especializada em construção. Caso a empreitada seja sua, contrate baseado em indicações sólidas.

Utilizar uma equipe que normalmente trabalha para o seu arquiteto ou engenheiro (caso contrate-os) pode ser mais cômodo, mas nem sempre sai mais em conta. Caso outros operários competentes e de confiança sejam seus conhecidos, verifique com o profissional responsável pela obra se não há empecilhos em trabalhar com eles.

Construindo Casa
Se você tiver um empreiteiro, ele será o responsável técnico pela obra, contratação e pagamento de encargos trabalhistas. Caso você vá administrar tudo por conta própria, é importante fazer um contrato com os seus pedreiros e empregados. Especifique no contrato o tipo de serviço e o prazo de entrega, assim como o valor. Não esqueça de recolher o INSS dos trabalhadores, caso contrário esse valor terá que ser acertado de uma só vez ao requerer o Habite-se na prefeitura. Evite problemas com a Justiça do Trabalho.

Quando a obra começar, fiscalize constantemente. Um traço errado no reboco, no concreto, ou um ferro mal dimensionado pode levar à rachaduras e fissuras. A profundidade dos alicerces é importantíssima e devem ser fundamentados sobre terreno firme para eviar afundamento.

O ideal é a contratação de um engenheiro ou arquiteto. Obras conduzidas somente por pedreiros e mestres de obras podem resultar em vigas menores que o adequado e lajes maiores que a estrutura. Em outras palavras, estruturas superdimensionadas geram gastos desnecessários e subdimensionadas podem acarretar fissuras na construção.