O projeto arquitetônico e a sua importância

Temos encontrado muitos clientes, investidores e empreendedores que não reconhecem a importância da concepção de um projeto.

Normalmente o projeto é considerado um “gasto de tempo e dinheiro”. Na verdade o projeto é um investimento em planejamento que vai garantir a eficiência e a eficácia da obra como um todo.

O Projeto é o planejamento de tudo que se pretende desenvolver em termos de espaço físico, e uma maneira do cliente participar e interagir com o que se pretende realizar.

A concepção do projeto é feita juntamente com o cliente, através de uma análise das necessidades do empreendimento e suas possibilidades,  levando em consideração inúmeros fatores, entre eles o perfil do empreendimento e do seu público alvo (hóspede) e o capital a ser investido.

O projeto engloba todos os aspectos tais como alterações na planta de arquitetura , revestimentos, hidráulica, elétrica, forro, iluminação e mobiliário.  Tudo é devidamente mensurado e especificado . O nível de seu detalhamento depende da necessidade de execução e também da capacidade de visualização espacial do cliente.

Lembrando que é impossível montar um cronograma e levantar orçamentos, sem a orientação de um projeto.

O investimento de tempo e capital empregado em um projeto, é revertido em uma obra realizada com excelência, sem os contratempos que consequentemente levam a atrasos e acarretam inúmeros prejuízos .
A Reformolar trabalha apenas com clientes que tenham ou queiram elaborar projetos.
Por Cris Jacobsen

História do Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho é comemorado em 1º de maio. No Brasil e em vários países do mundo é um feriado nacional, dedicado a festas, manifestações, passeatas, exposições e eventos reivindicatórios.
Engenheiro Joner Ferreira e Mestre de Obras - ReformolarA História do Dia do Trabalho remonta o ano de 1886 na industrializada cidade de Chicago (Estados Unidos). No dia 1º de maio deste ano, milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de trabalho de treze para oito horas diárias. Neste mesmo dia ocorreu nos Estados Unidos uma grande greve geral dos trabalhadores.

Dois dias após os acontecimentos, um conflito envolvendo policiais e trabalhadores provocou a morte de alguns manifestantes. Este fato gerou revolta nos trabalhadores, provocando outros enfrentamentos com policiais. No dia 4 de maio, num conflito de rua, manifestantes atiraram uma bomba nos policiais, provocando a morte de sete deles. Foi o estopim para que os policiais começassem a atirar no grupo de manifestantes. O resultado foi a morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas.

Foram dias marcantes na história da luta dos trabalhadores por melhores condições de trabalho. Para homenagear aqueles que morreram nos conflitos, a Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano.

Aqui no Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde o ano de 1895. Porém, foi somente em setembro de 1925 que esta data tornou-se oficial, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes.

Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil:

- Em 1º de maio de 1940, o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo. Este deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educação e lazer)

- Em 1º de maio de 1941 foi criada a Justiça do Trabalho, destinada a resolver questões judiciais relacionadas, especificamente, as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.

Investir em imóveis pode render 30% de lucro

Para quem deseja iniciar neste mundo dos investidores de imóveis na planta, o primeiro passo é analisar o histórico da construtora. “É bom porque ajuda a evitar do comprador perder dinheiro em caso da empresa não ser idônea”. Outro passo a ser observado é se o imóvel segue a tendência de mercado.

Avalie também se o bairro está em crescimento imobiliário, isso facilita na revenda do imóvel e aumenta o preço com o passar do tempo.

Um fator que o investidor, principalmente os iniciantes precisam aprender neste tipo de atividade, é a ter “desapego”, se em curto espaço de tempo aparecer uma proposta concreta de compra do imóvel e se o valor líquido chegar no mínimo a 50% do valor investido, o ideal é vender, pois é melhor ter um retorno menor em curto espaço de tempo, do que esperar mais tempo e ter que investir maior soma de dinheiro para finalmente ter o retorno.

Os imóveis na planta são no mínimo 30% mais baratos que os imóveis prontos, para quem não tem pressa para morar, isso se torna uma grande oportunidade, com a vantagem de poder fazer pequenas alterações na planta interna do imóvel, adequando-se ao gosto do comprador.
Clique aqui e veja o que temos para você investir.

Serviço de pedreiro tem garantia?

Quando você compra um automóvel novo tem a garantia de que o carro irá funcionar como foi projetado para tal e caso algum problema aconteça dentro de um determinado período a concessionária realizará todos os reparos necessários. O mesmo acontece com produtos eletrônicos, eletrodomésticos, entre tantos outros tipos de produtos e serviços que são amplamente assistidos por garantia que pode variar de alguns meses a alguns anos. Mas quando você faz uma casa, será que o pedreiro ou o mestre de obras dá garantia do serviço que executou?

Serviço de pedreiro tem garantia? -

Pedreiro dá garantia?
Eu fiz essa pergunta para o pedreiro que construiu a minha casa já nos momentos finais da construção na mesma e para minha surpresa a resposta foi não. Segundo a versão dele não há necessidade desse tipo de garantia uma vez que depois de pronta a casa era funcionar bem. Fiquei pensando no momento até que ponto este pensamento estaria correto é porque eu não pensei nisso antes de contratá-lo para executar a obra da minha casa. Mas enfim, este é apenas mais um dos erros que um inexperiente como eu estava cometendo na construção da sua casa.

Responsabilidade do engenheiro ou pedreiro?
Eu sei que na verdade a responsabilidade técnica da obra é do engenheiro e não do pedreiro ou mestre de obras, mas não estou falando de problemas graves estruturais, por exemplo. O tipos de garantia que eu me referia era de problemas relacionados à erro de execução como vazamentos, piso que se solta, portas mal colocadas, vazamento no telhado, entre outros detalhes que não são questões pra ser levada a um engenheiro e sim o pedreiro que construiu.

Problemas após a mudança
Logo que mudei para casa percebi que havia um barulho muito forte na laje e depois de algumas observações percebi que isso ocorria quando está passando água pelo cano para encher a caixa. Como o cano provavelmente está solto em cima da laje, ele vibra muito e provocam ruído relativamente alto. Procurei o pedreiro comentei o problema a ele, que aparentemente ignorou, pois já faz vários dias desses comentários e até hoje ele não apareceu para olhar. Portanto a falta de garantia do serviço executado na construção civil é um problema bastante sério e eu recomendaria muito você conversar isso com seu pedreiro antes para evitar o que aconteceu comigo.

Fonte: Casa Dicas

Imóvel na planta: vale a pena?

Na hora de comprar o imóvel próprio, vem a dúvida: já construído ou na planta?

A resposta vai depender, principalmente, da sua necessidade em ocupar o imóvel e do valor a ser desembolsado. Imóvel na planta é para quem pode esperar para entrar no apartamento e se planejou para pagar em prazos mais longos. Imóvel pronto exige um desembolso de recursos maior, mas permitirá ocupação imediata.Além disso, é importante avaliar todas as demais condições: qual a finalidade da compra, quais são suas necessidades, o tamanho do imóvel, localização, preço, opções de financiamento. Tudo interfere no controle do bolso e uma análise vai ajudar a evitar o sufoco na hora de pagar. Coloque no papel os pontos mais importantes para visualizar melhor o investimento.

Valorização, juros e taxas
Antes de fechar o negócio, tenha em mente que ao comprar um imóvel na planta o principal fator a ser analisado é o tempo de entrega do empreendimento.

Segundo o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), um imóvel na planta pode valorizar de 30 a 60% até a entrega das chaves.

Durante o financiamento, atenção para as parcelas que serão pagas após a construção. Elas sofrem reajuste pelo Índice Nacional da Construção Civil (INCC), que aumenta o valor da prestação. Fique atento para não fazer as contas apenas em cima do valor bruto do imóvel, esquecendo-se de gastos que aparecem no meio do caminho. Procure o gerente de seu banco para esclarecer o acréscimo de juros e taxas.

Investindo no futuro
Comprar um imóvel na planta pode ser uma boa opção para quem quer investir ou quem não tem pressa na entrega do imóvel. Se você pretende se mudar no curto prazo, uma alternativa pode ser alugar outro imóvel para morar, enquanto espera a conclusão da obra do imóvel na planta. Nessa situação, os cuidados com o bolso devem ser redobrados, pois haverá o acúmulo de despesas, do aluguel e do financiamento. Não faça dívidas maiores do que você pode pagar.No entanto, se você não tem pressa e está se programando em longo prazo, calcule se o valor final do aluguel por determinado período fica maior do que o valor da prestação do financiamento. Se isso acontecer, o melhor é comprar do que ficar no aluguel.

Casa nova, fase nova
Enquanto espera a entrega das chaves, você pode organizar seu bolso para planejar a mudança. Esta fase também inclui gastos com móveis novos, decoração, pequenos ajustes. Vale fazer orçamentos e escolher o melhor jeito de economizar para deixar sua casa nova mais bonita.

Outro ponto que você deve observar são as parcelas intermediárias anuais, cobradas além das parcelas mensais. Geralmente, essas despesas costumam desequilibrar o bolso por falta de planejamento.
Ter um imóvel próprio pode trazer mais segurança, ser gratificante, desde que você saiba organizar e pagar um financiamento que seja compatível com o seu bolso.Na hora de comprar o imóvel próprio, vem a dúvida: já construído ou na planta?

A Reformolar faz a casa dos seus sonhos com o melhor custo benefício.
Veja um exemplo clicando aqui